Pular para o conteúdo
Início » ERP não é tudo igual: existe um modelo ideal para a sua empresa

ERP não é tudo igual: existe um modelo ideal para a sua empresa

  • por

Equipe de Conteúdo Bohm

Muitos gestores buscam ERPs como se fossem uma solução única e uniforme para todos. Porque, de fato, é dessa forma que a maioria dos ERPs são comercializados. Mas calma: isso não é exatamente um problema.

Assim como qualquer outro ramo, no mundo dos ERPs há empresas sérias e comprometidas que, mesmo vendendo um produto único, conseguem imputar boas soluções que atendem as necessidades de seus clientes.

E há aquelas que fazem apenas o mínimo, mas que vendem seu produto como se fosse a única coisa que faltava para o cliente resolver todos os seus problemas e vender mais – e há quem acredite. Apresentações cinematográficas, muitos efeitos visuais, Power Points e discursos comerciais de que o produto atenderá todas as necessidades do cliente. Processo comercial agressivo e com foco na assinatura do contrato, e não no correto entendimento das necessidades das empresas.

Neste artigo, vamos falar sobre como os ERPs podem ser customizados de acordo com o seu negócio e apresentar o ERP Analysis, desenvolvido pela Bohm e altamente adaptável aos segmentos de Manufatura, Comércio, Distribuição, Importação e Prestação de Serviços.

Divisão por módulos

Antes de mais nada, é importante entender que a maior parte dos ERPs são divididos por módulos. Alguns, inclusive, são comercializados por módulos e esse é um grande ponto de atenção que sua empresa deve ter. Os módulos são, basicamente, agrupamentos de funcionalidades que criam sequências lógicas de atividades, processos e armazenamento de dados.

ERPs distintos para setores distintos

Seguindo a mesma lógica, é possível que o fabricante de ERP também crie módulos específicos para cada tipo de empresa. Isso porque cada segmento de mercado possui as suas especificidades e necessidades. Uma empresa de manufatura tem processos e precisará de funcionalidades muito diferentes de uma seguradora, por exemplo, correto?

Mas essa divisão ainda é genérica. Porque, mesmo dentro de um determinado setor, há empresas diferentes, com objetivos diferentes. Por isso, um ERP de manufatura ainda pode ser “dividido” em diversas funcionalidades, de acordo com a necessidade e do tipo de produto comercializado ou produzido pelo contratante.

Conheça o ERP Analysis

É aqui que entra o ERP Analysis, desenvolvido e comercializado pela Bohm. Temos diversos módulos – adaptáveis para diversos segmentos, como manufatura, comércio, distribuição, importação, gestão de contratos de locação e assistência técnica.

Mas nossos diferenciais não param por aí.

Também sabemos o quão complexo é comprar ERPs comercializados por módulos. No longo prazo, os custos extrapolam e muito todo o planejamento inicial, sem contar em funcionalidades estratégicas espalhadas por módulos diferentes, o que requer a compra de um ou outro módulo para utilização de pouquíssimos recursos. 

O ERP Analysis é comercializado em sua totalidade, ou seja, com um único licenciamento sua empresa poderá utilizar todos os módulos disponíveis no ERP.

Uma de nossas missões é também evitar um dos principais motivos de troca de ERPs, que é a obsolescência sistêmica e tecnológica. Pensando nisso, o ERP Analysis incorpora a cada nova versão dezenas de funcionalidades e boas práticas de mercado sem que sua empresa precise investir em novos desenvolvimentos. Adicionalmente, incluirmos de forma contínua – e garantida em contrato – qualquer alteração Fiscal nos âmbitos Federal e Estadual.

Ou seja: o Analysis é um ERP em constante transformação. Uma transformação dinâmica e, o mais importante, que olha sempre adiante. Um sistema que só fica melhor, mais completo e mais aderente aos processos de sua empresa.

Entre em contato para saber mais e agende uma demonstração!

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do trabalho sem autorização do autor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.